Você com certeza já deve ter ouvido aquela famosa frase “Bola na trave não altera o placar”. Pois é, o mesmo também vale para o seu negócio. Se mesmo depois de ter recebido e-mails ou visitas de consumidores, a sua empresa continua no zero a zero, é sinal de que algo está errado.

Os anúncios patrocinados e uma boa publicidade ajudam a sua marca ganhar visibilidade ou até quem sabe atrair novos clientes, mas boa parte dos resultados também depende de você. 

Atendimento

O caminho das pedras continua sendo a qualidade do atendimento, que começa desde a primeira relação do consumidor com a sua marca.  Observe se o seu site contém todas as informações sobre o produto ou serviço oferecido e lembre-se de checar o e-mail diariamente, uma empresa que responde prontamente os consumidores constrói uma boa imagem.

Nunca deixe para amanhã o cliente que você pode responder hoje

Ao receber um pedido de orçamento, tente enviar o mais breve e não espere só que o seu possível cliente dê o retorno. Se mostre disponível e preocupado em atender as suas necessidades. Nunca se esqueça de uma regra de ouro: o consumidor gosta e precisa se sentir amparado por você, recebendo todo suporte necessário para que possa efetivar a compra, por isso o processo de Follow-Up é tão importante.

Mas afinal, o que é o Follow-Up?

Trata-se de um modo especial de acompanhar o cliente em todo o processo, com contatos que tragam novidades e preparem para a próxima ação, seja por telefone, e-mail, Skype ou qualquer outro canal de comunicação. Seu principal objetivo é manter as boas oportunidades e não deixar que o interesse do usuário se esfrie.

De acordo com uma pesquisa divulgada pelo site *Utbound Marketing, para conquistar uma nova venda é necessário que o vendedor faça contato com seu futuro cliente pelo menos oito vezes. No entanto, muitas empresas deixam as oportunidades escorrerem pelas mãos ao realizar de duas a três tentativas apenas.

Não existe uma fórmula mágica para conversão de vendas, mas investir no Follow-Up pode ser um diferencial. De nada adianta enviar uma proposta empresarial vantajosa e ficar de braços cruzados. Esteja sempre em contato com o seu cliente e faça com que ele se sinta seguro até tomar a decisão final.

Você tem feito o processo de Follow-Up na sua empresa? Se a resposta for não, chegou a hora de colocar a mão na massa.

 

Escrito por listamais